top of page

Espiritualidade musical.

Atualizado: 16 de jan. de 2021

Espiritualidade/Religiosidade

Pratica pessoal transcendente voltado ou não a uma religião.

Religião (conectar-se com o sagrado).(separado do comum e é venerado)

Religiosidade é menor que #espiritualidade.

Espiritualidade: É uma força de caráter.

Tudo que liga com o transcendente. (ir além de si) - Além da sobrevivência.

Proposito (viver algo com sentido maior)

Conexão com a realidade.

O que brilha nos teus olhos

A forma como eu vejo o mundo.

O meu trabalho.

Questionar com a natureza.

Rituais

Casamento: a jovem vai virar mulher , e o jovem , vai ser homem.

Ficar em roda. Reflexão e Sensibilidade

Fé é crença e confiança colocada em ação.

Transcendência: ir além de si.

Comping Religioso : (doutrina)

Profundo

: O sagrado também produz cultura.

Atividade-1) Rituais Sacros: Hinos e Musicas para festividades de aniversário e casamentos.


A finalidade da espiritualidade é a formação do ser humano, como a vida, a morte, a felicidade, a liberdade, o amor, o desejo e o poder são formas de amadurecimento.

Pitágoras menciona que a música é espiritualidade essencial na religião, na politica, no trabalho e no entretenimento. Ele como um grande matemático desenvolveu a excelência musical dos tempos, dos compassos, andamentos e ritmos.



A espiritualidade em um grupo musical vem de sua cultura e varia por todo mundo, tanto quanto qualquer aspecto da vida humana.

LEBRECHT, Norman menciona em seu livro “O mito do maestro”, que o maestro, não é tão importante em uma orquestra, pois todos os músicos já sabem de suas tarefas ao se apresentar, mas que todos precisam de alguém, para que possam respeitar e obedecer, para que não vire uma anarquia. Assim acontece na parte espiritual, todos precisam de um Sagrado, para que, suas preces alcancem o sucesso desejado e por fim a imortalidade. Pois os pensamentos continuam como vivos, sejam em outras mentes, musicais, filmes, livros, etc...




A criação de um grupo musical na Educação Musical Mendelssohn são os estudos coletivos em nível intermediário, seguindo diversas atividades como: ensaios, apresentações em escolas da comunidades, festivais, visitas e encontros, facilitando assim o aprendizado e a espiritualidade de seus membros, tocando bem e ensinando com fundamento e entendimento, onde varias mentes com instrumentos e sob uma regência, ao se capacitar em sua parte, colabora no todo.

É a mais humana e sublime força de caráter ao lidar com problemas, desafios em busca de resultados positivos e de soluções.

Analisando grupos musicais, desde a antiguidade até aos nossos tempos atuais é suma importância para a formação da uma equipe. A problemática é que nem todos podem contribuir com o mesmo desempenho. Mas como a musica é uma arte espiritualizada resolve-se que todos os lideres do grupo têm o seu valor, como uma peça musical, suas notas, figuras, instrumentos, vozes e sua responsabilidade por tal passagem, podendo ser um simples sininho musical, assim como um excelente pianista em uma orquestra. É como uma empresa, em sua prosperidade e progresso. Todos fazem o seu papel.


Participando dos encontros do grupo foi analisado e utilizado o método qualitativo abordando cursos de estrutura, harmonia, filosofia e performance musical. Utilizou-se como material de apoio: diálogos, livros, sites de grupos musicais e pedagogos musicais como Dalcroze, Willems e Pozzoli.

Nos laboratórios do grupo musical, são usadas praticas que conservam a paz de espirito tais como: Flow, Mindfulness, Logoterapia, Logosofia, Musicoterapia, Psicologia, Filosofia, com aplicação de quis, vídeos e ensaios.

O cenário sociocultural na qual desenvolveu a temática deste artigo foi a espiritualidade em um Grupo Musical e o regimento da Educação Musical Mendelssohn.

A espiritualidade em um grupo musical faz parte da cultura e varia por todo mundo tanto quanto qualquer aspecto da vida humana.

Espiritualizar-se é respeitar opiniões, devendo haver empatia, assim como continência em relação à realidade que o grupo traz, ainda que os lideres não compartilhem das mesmas crenças religiosas.

O reconhecimento da espiritualidade é um componente essencial da personalidade e da saúde.

A espiritualidade em um grupo musical é importante e, às vezes, fundamentais à vida humana, Schultz-Ross (1997)

Buscamos a espiritualidade de grandes pedagogos, filósofos e músicos, tais como: Normam Lebrech, Nietzsche e Sloboda.

Para o filosofo francês Gilles Deleuze, pensamento é criação.

Pitágoras, praticamente foi o grande criador musical, desenvolveu por meio da matemática, a rítmica, utilizando valores, compassos e figuras, bem como a parte harmônica ao ouvir o bater das marretas em uma construção.

O líder de um grupo musical é aquele que tem espiritualidade: treina, tem virtude é inato.

13 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Unknown member
Jan 17, 2021

Pretendemos criar um grupo com as mesmas afinidades ou espiritualidade.

Like
bottom of page