FILOSOFOS

Zenão

Zenão

O método que propôs consistia na elaboração de paradoxos, deste modo, não pretendia refutar diretamente as teses que combatia, o objetivo era mostrar os absurdos daquelas teses (e, portanto, sua falsidade).

Xenofonte

Xenofonte

Os estados de espírito (aquilo que não se vê) podem ser retratados em pinturas. As expressões da alma “não tem proporção, nem cor, nem nada”. No Século V e IV a.C. a perfeição era ideada com base na harmonia e leveza de espírito.

Xenófanes

Xenófanes

“Tudo é o Um e o Um é Deus”.

Wilhelm Dilthey

Wilhelm Dilthey

“A vida nos é dada imediatamente, ela nos é explicada pela objetivação do pensamento”.

Walter Benjamim

Walter Benjamim

A obra de arte autêntica é aproximável, porque ela é essencialmente distante. Distância e proximidade, em Benjamin têm seu significado estabelecido nos domínios da intersubjetividade e condicionam a perceptibilidade.

Tomás de Aquino

Tomás de Aquino

Pregava que o fim último é Deus, do qual depende a felicidade humana e considerava que a fé fosse mais importante que a razão e a filosofia. O caminho para atingir o fim e, consequentemente, a felicidade seria a contemplação de Deus, o conhecimento dele e de seus atributos.

Thomas Hobbes

Thomas Hobbes

Todos os indivíduos são naturalmente iguais. “o homem é o lobo do homem”. A educação deve ser cuidadosamente controlada pelo governante. Cabe ao Estado a determinação do que cada um deve aprender.

Theodor Adorno

Theodor Adorno

No livro A dialética do esclarecimento, discutem a problemática da razão, buscando mostrar de que forma ela perde a sua condição emancipatória em favor da dominação.

Tales de Mileto

Tales de Mileto

“Dentre as coisas existentes, a divindade é a mais antiga – portanto é não-gerada, o mundo é a mais bela porquanto é criação da divindade, o espaço é o maior porquanto a tudo abraça e a mente é a mais ágil porquanto corre através de tudo”.

Taciano

Taciano

Foi discípulo de Justino entre 165 e 175. Luz-Verbo encontra-se uma cosmologia que abrange a origem de todos os seres, assim como o nascimento, morte e ressurreição dos homens.

Sócrates

Sócrates

Sócrates cria os problemas, discute, avalia, propõe solução, porém conclui sem definir uma solução; para ele tal evento ocorre por Sócrates ser um professor que ensina pela prática e, não pela demonstração.

Arthur Schopenhauer

Arthur Schopenhauer

Todo QUERER nasce de uma necessidade, portanto de uma carência, logo, de um sofrimento.

Jean Paul Sartre

Jean Paul Sartre

“existem dois tipos de ser: o ser-para-si, que é igual à consciência, portanto, o sujeito e o ser-em-si, que é o mundo objetivo, o real.”

São Bernardo de Claraval

São Bernardo de Claraval

Ele diz fazer jus a filosofia, mas a filosofia de Jesus Cristo, o crucificado, elaborando a doutrina da mística do amor, abrindo caminho para o movimento dos místicos. Bernardo é um grande mestre da mística medieval.

Rousseau

Rousseau

Deus cria todos os indivíduos como iguais, podendo trabalhar e ter propriedade privada. Para aqueles que não conseguem ser proprietários, passa a ser justificável que eles trabalhem para que consigam guardar suficientemente o produto do trabalho a fim de tornarem-se proprietários.

Rosa de Luxemburgo

Rosa de Luxemburgo

Ao estudar as condições históricas do capitalismo, chegou à conclusão de que só poderia manter seu impulso estendendo-se a países não capitalistas e a países subdesenvolvidos.

René Descartes

René Descartes

O corpo teria o seu movimento mecânico, independentemente da alma. Os corpos reagem mecanicamente em relação a outros corpos tendo a origem do seu movimento através de um desejo. Ex: teoria dos relógios, Um marca a hora e outro os minutos e segundos.

Ralph Cudworth

Ralph Cudworth

Escola platônica de Cambridge Cudworth não aceitava a ideia dos empiristas de que somos tábulas rasas ao nascer, e que, à medida que vamos obtendo o nosso repertório de experiências, estas vão sendo inscritas em nós, deixando as suas marcas.

Platão

Platão

Antes de nascer, a alma de cada pessoa vivia em uma estrela, onde se localizavam as ideias. Ao nascer a alma era jogada na Terra e o impacto a faria esquecer as coisas que viu na estrela. Porém, ao observar um objeto em suas diferentes formas, a alma esquecida se recordaria da ideia conhecida na estrela. O processo de recordação, Platão denominava anamnesis.

Protágoras de Abdera

Protágoras de Abdera

Protágoras não fala do ente, mas das coisas na medida em que se opõe a ele, as coisas que se usam, os bens móveis entrando assim no campo da doxa da opinião, das convenções.

Prometeus

Prometeus

Os cínicos na Antiguidade com certeza não eram dissimulados, pois se caracterizavam por dizer o que lhes passava pela cabeça. A irreverência, porém, lhes era característica.

Presbítero Ário (256-336)

Presbítero Ário (256-336)

Ele nega que o Verbo é o próprio Deus e sim um intermediário entre Deus e o mundo, pois o verbo é um ato de vontade do Pai, e que a natureza do Filho não procede da do Pai.

Plotino

Plotino

A Alma uma vez purificada torna-se uma Forma [Ideia] e uma Razão: torna-se totalmente incorporal, intelectual e pertence inteira ao Mundo Divino, no qual está a origem da beleza e do qual provêm todas as coisas belas. Portanto, uma Alma elevada ao nível da Inteligência é ainda mais bela, pois a Inteligência e o que dela provêm são, para Alma uma beleza própria e não estranha, pois só então a Alma é realmente uma Alma.

Pitágoras

Pitágoras

Na Itália meridional, iniciou uma liga com regras próprias, como não comer carne, não usar lã e não pegar o que houvesse caído no chão. Por ser imortal, a alma poderia migrar para o corpo, de um animal que, no exato momento da morte de alguém, estivesse vindo à luz. Ele afirmava também que, após certo período tudo aquilo que aconteceu voltaria a acontecer.

Paulo de Tarso

Paulo de Tarso

Escreveu várias epístolas bíblicas. Escola de Fílon, é através dele que filosofia e teologia mosaica se encontram pela primeira vez, sendo possível que sua filosofia teológica tenha influenciado os padres alexandrinos. Os padres alexandrinos foram os que fundaram a escola catequética de Alexandria (é próprio deles o cristianismo filosófico), a maior escola do pensamento cristão.

Parmênides

Parmênides

Viveu em Eléia, na Magna Grécia, do final do século VI até a metade do século V a.C. A unidade e a imobilidade do ser; O ser é uno, eterno, não gerado e imutável. O mundo sensível é uma ilusão.

Orígenes

Orígenes

Os princípios - o princípio apresentado é o da verdade cristã, que tem como base, Deus, o mundo, o homem e a revelação.

Nicolau de Cusa.

Nicolau de Cusa.

Estudou em Deventer na Holanda, onde conheceu a devotio moderna, escola de espiritualidade que cultivava a oração metódica e privada.

Nicolai Hartmann

Nicolai Hartmann

A premissa principal é: o homem é um ser no mundo, não está sozinho e não pode se efetivar individualmente.

Max Weber

Max Weber

Metodologicamente, sua grande contribuição está na forma como Weber distingue os tipos de ação social: • A ação racional em relação a um fim, • A ação racional em relação a um valor, • A ação afetiva ou emocional e • A ação tradicional.

Max Scheler

Max Scheler

Considera-se Scheler um filósofo da fenomenologia por sua aversão pelas construções abstratas e a capacidade de captar intuitivamente a verdade da essência, habilidade que acreditava possuir.

Max Horkheimer

Max Horkheimer

No livro Teoria Tradicional e Teoria Crítica, de 1937, ao abrir um debate acerca da neutralidade nas ciências sociais e sua relação com os juízos de valor, isso porque ele entendia que, modernamente, a ciência precisava trabalhar com juízos de existência e não com juízos de valor.

Maurice Merleau Ponty

Maurice Merleau Ponty

A linguagem é um instrumento de concepção do mundo, mas sua função de deduzir esse mundo não se esgota naquilo que pode ser obtido a partir de uma análise dos nossos significados de palavras.

Martin Heidegger

Martin Heidegger

A angústia: Desperta o homem dessa alienação. O projeto de vida do homem tem origem em suas experiências e continuam para o futuro, o qual o homem não pode controlar e onde esse projeto será sempre incompleto, limitado pela morte que não pode evitar.

Marco Tulio Cicero

Marco Tulio Cicero

A res pública não é qualquer reunião de homens e bens. Ela é algo que se constitui pelo acordado entre os homens que visam, por natureza, ao apoio comum. Cícero considera que a virtude cívica é o “amor à defesa da saúde comum”.

Marco Aurélio Antonino

Marco Aurélio Antonino

A concepção estética do mundo grego arcaico está ligada ao canto e ao feminino. Se o canto naquela tradição oral é a única forma autêntica de transmissão de conhecimento entre as gerações, por sua vez, as divindades fêmeas são as únicas figuras do universo que podem fazer o aedo recitar o canto verdadeiro.

Maquiavel

Maquiavel

Ele percebeu que o bom fim não era o de manter a comunidade una, com interesses conflitantes, mas o de manter uma sociedade bem organizada, sem mascarar a profunda crise de interesses entre os opressores e o povo oprimido.

Ludwig Joseph Johann Wittgenstein

Ludwig Joseph Johann Wittgenstein

Considerado como um dos responsáveis pela “virada linguística da filosofia”, Wittgenstein contribuiu para alertar os filósofos de sua época sobre a necessidade de se buscar uma “filosofia livre do arbitrário, da tagarelice e da insignificância metafísica e com o rigor e a validade da ciência”

Ludwig Feuerbach

Ludwig Feuerbach

o homem criou os deuses à sua imagem e semelhança, transferiu para o céu o ideal de justiça que não conseguiu realizar na Terra.

Lúcio Aneu Sêneca

Lúcio Aneu Sêneca

‘médicos da alma’

Looke

Looke

A mente humana é uma tábula rasa

Leucipo

Leucipo

”Tudo ocorre de acordo com a necessidade, e a necessidade é o mesmo que o destino” e “nada acontece em vão, mas tudo segundo uma razão e uma necessidade”.

Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci

O artista tem de conhecer cientificamente e não apenas visualmente o corpo humano, tanto que ele recomenda que se utilize do conhecimento sobre o corpo advindo das técnicas do esfolado (isolar as partes do corpo).

Lênin

Lênin

Lênin tinha como preocupação central em seu pensamento a relação entre teoria e prática, a questão da luta pelo poder e da conquista do Estado pelo proletariado.

Leibniz

Leibniz

Deus, segundo Leibniz, considerando o fato de haver uma sintonia fina no comportamento harmonioso de todas as mônadas que compõem todos os entes existentes, faz com que todos os entes se comportem de forma a dar a impressão que uma exerce influência no comportamento da outra.

Karl Marx

Karl Marx

Ele chamou a religião de “ópio do povo”, quer dizer, a religião é o único conforto para que se conformem e não precisem questionar uma vida que eles não estariam dispostos a abandonar.

Karl Kautsky

Karl Kautsky

Pregou a inevitabilidade da revolução do proletariado e começou a se pronunciar contra ela, criando uma das mais perigosas correntes contra o movimento operário, o Centrismo, um dos desdobramentos da corrente filosófica chamada de Oportunismo

Justino

Justino

Sua conversão à luz. Justino era de origem pagã, converteu-se ao cristianismo por volta de 132 e martirizado em Roma.

Josef Stalin

Josef Stalin

O governo de Stalin foi considerado um dos mais cruéis e sanguinários de todas as ditaduras socialistas. Atuou como um ditador perverso que perseguiu aqueles que ele considerava “inimigos do povo”, e com isso acabou por mandar assassinar, inclusive antigos companheiros, como ocorreu com o próprio Trotsky.

JOHN STUART MILL.

JOHN STUART MILL.

Defendeu o uso livre de métodos contraceptivos e por isso foi preso.

John Locke

John Locke

Três conceitos de extrema relevância para a Metafísica: os conceitos de Deus, de infinito e de substância.

Jean Jacques Rousseau

Jean Jacques Rousseau

Deus cria todos os indivíduos como iguais, podendo trabalhar e ter propriedade privada.

Jean-Baptiste Lamarck

Jean-Baptiste Lamarck

O uso contínuo de um órgão ou parte do corpo faz com que este se desenvolva e seja apto para o correto funcionamento, e o desuso de um órgão ou parte do corpo faz com que este atrofie e com o tempo perca totalmente sua função no corpo do indivíduo.

Immanuel Kant

Immanuel Kant

Tudo tende para o melhor, mesmo que por tensão e conflito, pois o homem progride na tensão em busca da não tensão.

Homero

Homero

A estética da bela morte versus glória dos heróis.

Herbert Spencer

Herbert Spencer

A vida, na sua forma de protoplasma, produz-se no mundo por combinações químicas indefinidamente complexas e, pela ininterrupta diferenciação e concentração, o protoplasma desenvolve-se e dá lugar à vida orgânica vegetal e animal.

Heráclito

Heráclito

Para quem o fogo era o princípio de todas as coisas.

Henri Bérgson

Henri Bérgson

Sua ideia básica é que a realidade é duração real; o local onde se evidencia que a realidade é duração é a consciência, onde se unem a experiência e a intuição.

Gotthold Ephraïm Lessing

Gotthold Ephraïm Lessing

Lessing tem um profundo interesse por questões filosóficas, especialmente as ligadas à história e à busca pelo saber.

George Berkeley

George Berkeley

A audição, o olfato, o paladar, ou mesmo a visão, não poderiam apreender diretamente a substância material.

Galileu

Galileu

“Embora haja muitas maneiras de perceber a natureza, como, por exemplo, a arte, a poesia, a música etc, só a ciência pode chegar à verdade que permitirá ao homem dominar a natureza”.

Friedrich Wilhelm Schelling

Friedrich Wilhelm Schelling

Ele tentou suprimir a divisão entre “espírito” e “matéria” e dizia que a natureza inteira, tanto a alma humana quanto a realidade física, era expressão de um único Deus ou do “espírito do mundo”.

Friedrich Nietzsche

Friedrich Nietzsche

Nietzsche afirma deve-se ler aos poucos e sem pressa:

Friedrich-Hegel

Friedrich-Hegel

O nosso pensar é o pensar do ser se fazendo na História.

Francis Bacon

Francis Bacon

Sua célebre frase “saber é poder” ilustra a preocupação tipicamente moderna da obtenção do conhecimento para aumentar a capacidade de intervenção na natureza.

Farias Brito (1862-1917).jpg

Farias Brito (1862-1917).jpg

Nascido no Ceará. A filosofia de Farias refletia sobre a questão moral, com finalidade investigativa sobre o dilema humano como: vida, sofrimento e morte

Euripedes

Euripedes

Nasceu possivelmente em 485 a.C., morreu por volta de 406 a.C.

Euclides de Mégara

Euclides de Mégara

Nasceu em Mégara, no istmo. “O Bem é uma coisa única, embora seja chamado de diferentes nomes: conhecimento, Deus, inteligência ou quaisquer outros nomes”

Erich Fromm

Erich Fromm

o ser humano já não é o valor fundamental e é constantemente substituído pelo dinheiro. A pergunta básica que se faz ao planejar uma ação é: “o que eu vou ganhar com isso?”

Epicuro

Epicuro

Não se deve temer a morte, pois ela nada é para nós, uma vez que a alma, composta por átomos, desagrega-se como o corpo, quando morre, perdendo toda a sensibilidade.

Eduard Bernstein

Eduard Bernstein

Segundo Bernstein, o processo revolucionário não conduziria a uma situação melhor do que o estágio anterior e, sendo assim, somente um processo gradual de reformas políticas que conduzia à democracia poderia garantir transformações rumo ao socialismo. Por isso, a teoria de Bernstein foi chamada de “revisionismo”.

Edmund Husserl

Edmund Husserl

Fenômeno é a presença real das coisas reais diante da consciência; é aquilo que se apresenta diretamente, “em pessoa”, “em carne e osso”, à consciência.

João Duns Escoto.

João Duns Escoto.

A filosofia tem interesse em seu objeto de forma especulativa, a teologia busca encontrar e apresentar certas verdades que conduzam o ser humano para o bem agir.

Demócrito

Demócrito

“Tudo que existe no universo é fruto do acaso e da necessidade”.

David Hume

David Hume

Ouvir, ver, sentir, amar, odiar, desejar ou querer. Toda ideia vem da impressão.

Cristianismo

Cristianismo

A religião cristã nasce por volta do 1º século a.C., e por volta dos anos 300 d.C. é oficializada pelo imperador Constantino. O evento morte e ressurreição de Jesus é o marco para o nascimento do cristianismo.

Constantino

Constantino

Foi promulgado o edito de Milão, que era a permissão de liberdade de culto para os cristãos. Em 325 ser composto o Credo cristão, “cremos num só Deus, Pai todo poderoso, criador de todas as coisas...”, o credo foi composto no Concílio de Nicéia, um grande marco para a igreja. O credo foi chamado de o símbolo de Nicéia. Esta foi a forma de calar o pensamento filosófico do padre Ário pelo seu desafeto com a doutrina católica.

Clément_Rosset

Clément_Rosset

Ele nasceu em Carteret, França, no ano de 1939. E o princípio de crueldade. Estética da verdade e do Real. O remédio é pior que o mal. A realidade é cruel e Real.

Charles Sanders Peirce

Charles Sanders Peirce

Nascido em 10 de setembro de 1839, em Cambridge, Massachusetts, Peirce conviveu desde cedo com um rigoroso espírito científico. Isso porque, seu pai, Benjamin Peirce, era um reconhecido intelectual da época, voltado para as novas descobertas na matemática, física e astronomia.

Charles Darwin- 1859

Charles Darwin- 1859

A luta pela existência ocorre por meio de uma competição entre indivíduos de capacidades diversas, e os mais bem adaptados são os que deixam maior número de descendentes.

Cassiodoro e Isidoro de Sevilha

Cassiodoro e Isidoro de Sevilha

Flavio Magno Aurélio Cassiodoro, nasceu em Calábria por volta dos anos 480 e 490 e morreu em 570, em seu próprio mosteiro. Foi discípulo de Boécio e ministro e conselheiro do rei Teodorico.

Boecio

Boecio

Se o homem quiser ser feliz deve abraçar a vontade de Deus.

Bernardo  de  Claraval

Bernardo de Claraval

Bernardo de Claraval (1091-1153), nascido em Fontaineslez- Dijon, filho de família nobre da Borgonha, foi educado como cavaleiro.

Baumgarten

Baumgarten

A coragem e a alegria, por outro lado, não são qualidades úteis, mas são agradáveis ou convenientes. (Hume)

Avicena

Avicena

Seus estudos foram humanidades, o Corão, matemática, geometria, física, teologia e filosofia, e também se destacou com o estudo da medicina, que já exercia aos 16 anos.

Averróis

Averróis

Averróis – Ibn Ruchd, nasceu em (1126-1198) Córdoba (Espanha muçulmana), filho e neto de juizes de Córdoba, sem ser diferente também foi juiz, porém chegou a ser médico na corte de Almóada de Fez por IbnTufayl.

Santo Agostinho

Santo Agostinho

Santo Agostinho

Agatão

Agatão

O Amor é amor de algo ou de nada? Eros - as suas virtudes: a beleza e a bondade. Eros aspira à beleza por não a possuir, não sendo ele próprio o Belo. As almas antes de entrarem nos corpos, contemplaram as ideias eternas, e a percepção sensível dos objetos materiais lhes desperta uma recordação dessas ideias (teoria da reminiscência).

Alberto Magno

Alberto Magno

Nasceu em Lauingen (Bollstädt – Alemanha), o ano de seu nascimento é incerto 1196, ou 1206 -1280. Alberto era teólogo (cursou teologia em Paris – 1240), filósofo e místico, considerado uma notória figura da escolástica medieval.

Alexadre Magno

Alexadre Magno

No III século inaugura-se a Escola de Alexandria. Fundada por Alexandre Magno em 331 a.C. era o berço para todas as culturas, crenças e filosofias, inclusive para o cristianismo.

Anaxagoras

Anaxagoras

O universo se constitui pela ação do noûs: segundo ele, o noûs atua sobre uma mistura inicial formado de sementes que contém uma porção de cada coisa.

Anaximandro

Anaximandro

O princípio das coisas era o indeterminado infinito (apeíron, em grego), que permanece em movimento perpétuo, independente. Quanto ao nosso planeta, afirmava que a Terra está suspensa sem que coisa alguma a sustente. Sobre os animais, dizia que os primeiros nasceram na umidade, envoltos em cascas espinhosas e que, à medida que cresciam e avançavam para as partes mais secas, rompia-se-lhes a casca e, por um breve período de tempo viviam uma espécie diferente de vida. (BARNES, 1997)

Anaxímenes

Anaxímenes

É o ar que é o princípio de tudo, é ele que é ilimitado, pois a água e o ilimitado é que derivam do ar. “Nossa alma, que é ar, soberanamente nos mantém unidos, assim também todo o cosmo sopro e ar o mantém” O ar rarefeito é o fogo, mas condensado torna-se nuvem, água, terra, rochas, segundo o grau de densidade. (MARIAS, 2004).

Aristoteles

Aristoteles

Essência, ente e acidente. Ente: em grego ‘ón’, o que está existindo, por isso muitas vezes é traduzido por ‘ser’, designa a existência de tudo o que há efetivamente ou em possibilidade. “Diz-se que as coisas são num sentido acidental e em si mesmas ou por sua própria natureza.” Aristóteles.